sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Machinimas: Estou de volta e com novidades!

Olá leitores, depois de uma longa convalescênça, volto para mais informações do mundo machinima :-)

Escrito por: Teagah Beck

Vamos falar sobre um fato de um ano atrás e uma novidade perfeita.:

A HBO anunciou, ano passado (04/9/07), que adquiriu os direitos de um documentário filmado inteiramente dentro do mundo virtual Second Life. A série de curtas My Second Life: the video diaries of Molotov Alva (Minha segunda vida: os diários em vídeo de Molotov Alva) conta a história de um homem que desaparece de sua casa na Califórnia e começa a enviar mensagens de vídeo de dentro do Second Life. O canal fechado de filmes e séries HBO, que pertence à Time Warner, pagou gorda quantia pelos direitos. Segundo o autor do filme, Douglas Gayeton – dono do avatar Molotov Alva no Second Life –, o lançamento estava marcado para 2008.

O popular – e complexo – ambiente virtual tem sua própria moeda e economia crescente, e já levou milhões de internautas a criar personagens, conhecidos como avatar, para inter
agir com usuários de todo o mundo. Emissoras de TV já fizeram festas virtuais para lançar novelas e até veículos de comunicação andam contratando repórteres para atuar no mundo paralelo. A informação sobre a HBO foi anunciada originalmente pelo blog New World Notes, que cobre notícias sobre o Second Life.

Hollywood, por sua vez, tem demonstrado interesse cada vez maior em englobar ambientes virtuais a filmes, em um processo que ficou conhecido como "machinima". O termo surgiu a partir da junção das palavras machine (máquina) e animation (animação). A rede de TV americana CBS, por exemplo, criou um anúncio do Super Bowl usando o processo para seu seriado Two and a Half Man, e usou filmagem produzida no Second Life em um episódio do programa CSI.

Assista agora o episódio piloto com legendas em português de My second Life, publicado no YouTube.


Se o vídeo não funcionar, clique aqui

Fonte: Reuters Second Life


Novidade quente:


Uma ferramenta para gravação de machinima de várias câmeras com múltiplos ângulos para entrevistas e trabal
hos afins. Permite cortar ao vivo de closes à planos abertos e até gravar a audiência. É um protótipo para atualizar uma idéia da antiga machinima tv studio.

Esta versão possui 4 câmeras estáticas que permitem o corte e edição instantaneamente enquanto se opera as setas em seu teclado. No modo construir (build mode), essas câmeras apontam e ficam no alvo enquanto a cena se move (edit linked). Quando você se coloca na câmera, as linhas e a guia de objetos desaparecem. Simplesmente você constrói seu set de gravação ou seu espaço para entrevistas e coloca essa ferramenta em cima de tudo.

AngryBeth Shortbread, a estudiosa e mentora da idéia, informa que ainda está desenvolvendo a ferramenta e que por enquanto está nos testes.

Fonte: http://angrybethshortbread.blogspot.com/

Origem: http://www.mundolinden.com/

Publicidade:


4 comentários:

Chris disse...

teagah, essa dica das cameras multiplas é uma alegria ... mande mais novidades sobre a mesma, por favor.

abs amigo = ]

Tea disse...

Olá leitores, Teagah,

já vi ao menos 2 eps do CSI new york onde aparece o SL. Num deles, um avatar e sua 'dona' são assassinados num jogo doente entre eles num rpg d vida e morte no sl e rl. hj creio q seja mais difícil pois o sl teve várias 'baixas" no último ano. + essa crise econômica ... anyway

vlw por esses posts d machinima.
abs :)

Vanessa Van disse...

Que legal que Hollywood esteja interessada no Second Life.
Eu acho que o SL é uma grande ferramenta para quem não dispõe de equipamentos e conhecimentos de criação de animação 3D ^^.
Eu tenho uma câmera que posso colocar em qualquer lugar e deixar gravando.
É muito bom, já que a câmera do SL fica direto nas costas do meu avatar ^^.

Beijinhos

teagah beck disse...

q legal pessoas, no Brasil ainda somos pouquíssimos machinimators ... a principal dificuldade é nossa conexão, de baixa qualidade, no mais somos iguais a qq outro videomaker no mundo. vamos produzir?

abs e bons trabalhos = ]