quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Depois de quatro meses, Google fecha o 'Lively', concorrente do Second Life

O Google anunciou nesta quarta-feira (19) que vai fechar o aplicativo de realidade virtual Lively, quatro meses após o lançamento do projeto. O sistema vai funcionar apenas até o fim do ano. Segundo a empresa, o objetivo é "priorizar as pesquisas e se focar em seus serviços-chave de buscas, publicidade e aplicativos".

No programa on-line, os usuários podem interagir em ambientes e com outros objetos que imitam a vida real. O serviço foi lançado cinco anos depois do Second Life, numa época em que o programa de realidade virtual já não tinha o mesmo vigor.

O crescimento do mundo virtual da Linden Lab perdeu impulso após o período de rápida expansão.

Especialistas apontam que o caráter sexual de grande parte do conteúdo e o controle frágil de propriedade intelectual dentro do SL esvaziaram o produto. Empresas que investiram na brincadeira começaram a sair da empreitada de fininho.

No lançamento, o Google afirmou que o Lively iria atrair mais interesse por não estar "preso" a apenas um sistema, como o Second Life, e não cobrar nada dos usuários. Depois de instalar o aplicativo, é possível usar o Lively por meio de outros portais, como redes sociais e blogs.

Aposta errada

Em comunicado oficial, o Google trata o Lively como "experimentação", mas admite que "nem todas as apostas são bem-sucedidas quando se assume esse tipo de risco". A empresa afirma que foi uma "difícil decisão" fechar o sistema e que "todo mundo que trabalhou nesse projeto será transferido para outras equipes".

No Lively, é possível criar espaços virtuais em sites, personalizar avatares e decorar o "mundo on-line" com fotos e vídeos em streaming do YouTube, do Picasa e outras fontes. Também se pode construir ambientes como apartamentos, ranchos e terraços com cenários de cidades ao fundo.

Origem: Folha Online.

2 comentários:

Monika Hykova disse...

Pior que ver o lively by google fechar, é visitar um renomado site sobre jogos eletronicos e se deparar com o comentário dessa notícia:

http://outerspace.ig.com.br/interno.php?area=not_est&cod_noticia=17934&PHPSESSID=ec00ad3d78ea9a7e42b6aeb3ffcd4614

Marco Mugnatto disse...

uhauhauhuha "reduzindo numero de usuários" do second life é dose heim... Quem entra no SL SENTE (não é nem vê) claramente que tem aumentado loucamente, isso sim. Antigamente a maioria dos lugares eram completamente desertos. Hoje é difícil encontrar um que não tenha pelo menos um gato pingado. E aonde sempre teve alguem, hoje muitas vezes tem multidões.

Muitos vão discordar, já estou acostumado com isso, mas o futuro mostrará que este é o verdadeiro motivo da Google: http://mugnatto.blogspot.com/2008/11/google-decide-desligar-o-lively-era-de.html