terça-feira, 8 de janeiro de 2008

Web 3D: o futuro da internet?

A grande barreira hoje é o acesso ao metaverso, que exige computadores com maior capacidade de processamento 3D e conexão de banda larga.

Se para Philip Rosedale, CEO da Linden Lab, “os mundos virtuais podem ser o próximo passo na evolução da internet” (leia entrevista abaixo), para os especialistas Carlos Félix Ximenes, diretor de comunicação do Google no Brasil, e Vicente Tardin, editor do site especializado em novas tecnologias Webinsider, o futuro da rede mundial de computadores será um pouco diferente, pelo menos no Brasil.

Na opinião deles, a grande barreira é o acesso ao metaverso, que exige computadores com maior capacidade de processamento 3D e conexão de banda larga. “A banda larga está mais acessível no Brasil, mas ela ainda está longe de ser o modo como a maioria das pessoas navega”, diz Ximenes. “E a internet será sempre pautada pela maioria dos usuários e é o padrão de navegação que dirá qual produto terá sucesso ou não.”

Tardin também lembra que o custo de produção de conteúdo 3D ainda é muito alto, se comparado ao número de pessoas atingidas. “Por enquanto, os mundos virtuais não alcançam o grande público”, diz Tardin.

Para 2008, Ximenes prevê o uso mais intenso das redes sociais, não só as recreativas, mas as profissionais e as dedicadas a temas específicos. “O uso social da internet não é uma moda passageira, ele veio para ficar.” Ximenes não vê o Second Life como uma febre, mas lembra que ainda não se provou para que serve o mundo virtual. “Hoje, para muitos usuários, ainda é diversão. Um jogo.”

Outros mundos virtuais

• CLUB PENGUIN

DESENVOLVEDOR New Horizon Interactive
O QUE É Comunidade com
jogos online para crianças
PREÇO Grátis, no plano básico. US$ 5,95 por mês no plano premium
DETALHES Avatares em forma de pingüins interagem por meio de chat monitorado. O usuário ganha moedas virtuais ao participar dos games, mas só pode usá-las se for assinante premium
BOM Não é preciso baixar
nenhum software para entrar< RUIM Estimula o consumo
precoce e não tem fim didático
ONDE www.clubpenguin.com

HABBO HOTEL

DESENVOLVEDOR Sulake
Corporation Oy
O QUE É Mundo virtual para adolescentes
PREÇO Grátis. 20 moedas
Habbo (R$ 10) por mês no plano premium
DETALHES Os usuários
interagem via chat e a ação acontece em cenários que
lembram um hotel cinco estrelas
BOM Existe uma versão em português e não é preciso baixar nenhum programa
RUIM A interface é muito limitada e não permite a criação de objetos, como no Second Life
ONDE www.habbo.com.br

THERE

DESENVOLVEDOR Makena
Te
chnologies
O QUE É Mundo virtual para adolescentes
PREÇO Grátis, no plano básico. US$ 9,95 por mês no plano premium
DETALHES Avatares com
feições humanas interagem em um ambiente 3D muito parecido com o do Second Life. Os usuários podem criar, vender e comprar itens no mundo virtual
BOM A interface é simples e intuitiva
RUIM Requer aceleradora gráfica e download de navegador. É incompatível com Mac Os e Linux
ONDE www.there.com


Escrito por Marilu Araújo, para o Caderno Link . Estadão.

Um comentário:

Verdade Verdadeira disse...

Todos tem que defender seu peixe , o google não tem sua ferramenta 3D , mas ja prometeu e iniciou o desenvolvimento de uma

Totalmente errada a opinião do diretor da google , primeiro quem acessa a internet atraves de discada hoje no pais , é um usuário geralmente sem poder aquisitivo , sem conhecimento das facilidades de uma banda larga e dificilmente ira comprar algo pela internet usando discada , pois uma pessoa que não tem condição de pagar uma discada nao pode se dar o luxo de sair comprando pela internet , logo essa parcela grande , sim grande mas é um dado que não existe para as empresas

Logo so podemos classificar como público real e interativo os que possuem banda larga

Ja pensou se todos os anunciantes do google resolvessem apenas anunciar o Second Life ? pois é xau xau google , ja que a fonte de renda do google é 100% de anunciantes

Por isso enquanto o google não evoluir para era 3D ele jamais vai incentivar um podereso concorrente que esta a anos luz de algumas paginas e códigos em php utlizados pelo google

Ser diretor de uma empresa grande envolve saber falar com a midia e jogar ela a seu favor , ate porque o pessoal do Estadão não ta na era 3D ainda , ainda pensa em papel

Incrivel que hoje é raro encontrar opiniões sinceras na internet , so se encontra mentiras e manobras de massa

Não esquecendo...imagine se todos no Brasil começarem a anunciar nos classificados dentro do Second life ? xau xau Estadão

Ninguem ta livre da era 3D , tardar ela é burrice , acompanhar ela é inteligencia